Wing Chun

SiuLung_Final

Wing Chun – História

A escola mais antiga de Wushu é a Shaolin que se  origina das dinastias Sulista e Nordista 420-589 D.C e floresce na sui (581-618 D.C) e a dinastia Tang (618-907).

O monastério Shaolin obteve o seu nome nas montanhas Song Shan, na jurisdição Deng feng da província Honan. Essas montanhas também são conhecidas como as montanhas centrais, por estarem localizadas nos planos centrais da China.

(495 D.C), Chegou à China um monge indiano chamado Batuo para pregar o Budismo. Muitos foram os seus seguidores.

O imperador Xiaowem que também era seguidor do monge Batuo ordenou a construção de um monastério separado do mundo com exceção de uma passagem estreita no leste.

Esse monastério foi construído na montanha Song Shan.

Mais tarde esse monastério foi chamado Shaolin porque estava localizado num imenso bosque no lado assombreado do pico principal da cordilheira Shao Shi.

Anos mais tarde, dois discípulos do monge Batuo iniciaram as praticas do Wushu no templo de Shaolin.

Conhecido como Wushu na China e por Kung Fu no ocidente a arte marcial chinesa foi recodificado por um monge indiano chamado Bodhidharma que era o vigésimo oitavo patriarca do Budismo.

Tendo ido á China com o objetivo de reviver os dogmas originais da doutrina Budista, Bodhidharma se hospedou no famoso Templo Shaolin (jovem floresta) na província de Honan.

Com a finalidade de fortalecer os monges de Shaolin, Bodhidharma ensinou-lhes os rudimentos da Arte Marcial Indiana denominada de Vajramushti e pesquisou as Artes Macias Chinesas da época, criando o famoso exercício hoje conhecido como as dezoito mãos de Lohan.

Origem do Wing Chun

Monja Ng Mui

Monja Ng Mui (Foto Ilustrativa)

Os monges de Shaolin eram temidos respeitado por causa do feroz e eficiente Kung Fu que praticavam, tendo sido influente na vida política do país.

Quando a China foi invadida pelos Manchus que derrubaram a dinastia Ming, alguns oficiais sobreviventes ocultaram-se no Templo, acirrando o Ânimo dos governantes contra os Shaolins.

No vigésimo quinto dia do sétimo mês do décimo segundo ano do reinado de Yung Chen (1733) Ma Ning Yee, um monge traidor, envenenou as águas do Templo e abriu as portas, permitindo que os soldados manchus o invadissem, matando quase todos os monges.

Conseguiram fugir apenas cinco mestres e quinze discípulos.

Os cincos mestres que escaparam foram a Monja Ng Mui (Wu Mei) e os monges Pak Mey, Cheen Sin, Mil Hin, e Fung To Tak.

Ng Mui (Wu Mei) deu origem ao estilo Wing Chun também conhecido como Ving Tsun devido a sua Transliteração oficial.

Famoso pela sua ferocidade em luta e pelos golpes a curta distância.

img_8146106896867

Luta entre garça e serpente observada pela monja Ng Mui (Foto ilustrativa)

Yim Yeem era um dos quinze discípulos que tinha escapado do templo Shaolin e tinha uma filha chamada vim Wing Chun, que era bela e formosa atraindo a atenção de um valentão da região chamado Wong, que desejava casar-se com ela a força.

Ng Mui que estava hospedada no templo da Garça Branca, certo dia desceu a vila para comprar vagens de Yim Yeem ela percebeu uma certa apreensão nos olhos do velho e interrogando-o ficou sabendo do que se passava.

Despertando seu senso de justiça Ng Mui se propôs a ajudar Yim Wing Chun. Só que ao invés de expulsar o valentão da região, o que faria com que fosse reconhecida pelas autoridades, decidiu então a ensinar a moça o seu sistema de combate.

Yim Wing Chun estudou alguns anos sob a tutela de Ng Mui, como conseqüência dos seus ensinamentos Yim  Wing Chun conseguiu derrotar o valentão e expulsa-lo da região. Mais tarde, casou-se com o noivo que escolheu Leung Bok Chau. Ele também era praticante de artes marciais, que não sabia das habilidades da sua esposa. Certa vez ela chamou-o para praticar Kung Fu, coisa que ele fez rindo muito. Não riu por muito tempo Wing Chun o venceu com muita facilidade todas as vezes que lutaram. Leung Bok Chau tornou-se seu aluno, aprendendo todo o sistema de combate e dominou essa arte de Wing Chun (arte dos punhos de Wing Chun) em homenagem a ela.

Anúncios